Casa Silva Freire

- esta casa é sua, vem morando...

                          ouça minha alegria musical

(SILVA FREIRE, Trilogia cuiabana, vol.1, p.29, 1991)

Notícias

Arte e Cultura na Mandioca - 3ª edição terá diversidade de expressões artísticas

06/12/2017 às 13:11

Bem como era a personalidade do poeta Silva Freire (eclética e popular), assim segue a proposta da terceira edição do Arte e Cultura na Mandioca, evento que acontece dia 16 de dezembro, na Rua 12 de Outubro esquina com a Pedro Celestino, das 16h às 22h. A ação, que se firma no calendário cultural da Capital desde 2015, é realizada pela Casa Silva Freire com apoio da Bendito Mercado. Nesta edição faz parte do cronograma de atividades do Ponto de Cultura Casa Silva Freire contemplado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) que implementa o Programa Cultura Viva da Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC).
 
Neste ano recebe ainda apoio cultural e firma parcerias com a Prefeitura Municipal de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SMCET) e Secretaria Municipal de Educação (SME) via Escola Municipal de Educação Básica Silva Freire, a Universidade Federal de Mato Grosso, representada pelos Grupos de Pesquisa em Psicologia da Infância (GPPIN/Instituto de Educação) e em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO/Faculdade de Comunicação e Arte), além do estúdio musical Demoexmachina e do escritório de arquitetura Arqproject.
 
A diretora da Casa de Cultura Silva Freire, Larissa Freire, informa que o objetivo é colaborar com a ocupação criativa e valorização do Centro Histórico, observando a interação entre arte, cultura e educação e a diversidade cultural como expressão simbólica e atividade econômica. O grupo que idealizou esta edição tentou compor uma programação diversificada para que o público de todas as idades possa experimentar e ter acesso às linguagens artísticas autorais e produção literária e cultural produzida em Cuiabá. E alternativas de inspiração não faltam! Estão previstas, na programação, as Feiras: Literária, de Artesanato e Moda, Gastronômica, Sustentável e também: Artes na Rua, Projeções de Audiovisual, Oficinas e Conversas, apresentações dos resultados das oficinas “Ideias Pipocas – arte e literatura” realizadas na Emeb Silva Freire, Teatro Lambe-lambe, Espetáculo “A AVE”, Performances, apresentação da banda ‘O Mormaço Severino”, de Cáceres, e ainda, Música Latina.
 
Feiras
 
Para a Feira Literária, Larissa explica que a proposta é colaborar com a cadeia produtiva do livro por meio do estímulo à formação de leitores e da comercialização e troca de livros novos e usados com destaque para a literatura brasileira produzida em Mato Grosso. Nesse contexto será apresentado o trabalho pedagógico da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Silva Freire, que privilegia a narrativa infantil no processo de alfabetização de crianças, tende este sido contemplado com o Prêmio Destaque Professores Brasil 2017, do Ministério da Educação, na categoria ensino fundamental anos iniciais - ciclo de alfabetização (1º, 2º e 3º anos) com o projeto “Autorias Infantis na Produção de Texto” apresentado pela professora Mariângela da Silva. Estarão presentes na Feira Literária: Carlini & Caniato Editorial/Tanta Tinta, Entrelinhas Editora, Cathedral Publicações, Fusca Sebo, Sebo da Juju e Bazar do Livro Matriz. O período dessa feira será das 16h às 22h.
Já a Feira de Artesanato e Moda, conforme explica a artista, Adriana Milano, da Bendito Mercado, pretende fomentar a economia criativa e colaborativa ao valorizar marcas autorais gerando oportunidades comerciais para designers e artesãos locais. Nessa feira, que acontece das 16h às 22h, serão comercializadas peças e produções de Ana Marimon (acessórios em couro), Bazar de Fotografias Studio Rai Reis (fotografias), Bendito Santo Ateliê (relicários e utilitários), Deborah Corte (pratos de porcelana pintados à mão), Gasperin (moda), Gilmar Chavier (acessórios e objetos para decoração), Incomum (acessórios, crafts e decoração afetiva), Insight Coletivo (decoração e interiores), Ivani Brito (acessórios e moda), Soraia Mourão (brechó), Studio F2 (moda), Valéria Carvalho Atelier (bolsas e utilitários em tecido e courino).
 
 “Artes na Rua”
 
O “Artes na Rua” sai do espaço fechado de um atelier para a liberdade da rua! Nessa ação o público será convidado à fruição e à interação com artistas e seus trabalhos em pintura, xilogravura, grafite, nanquim, lambe-lambe, performances, instalações e intervenções. Além de abrir espaço para divulgação e novas formas de comercialização de arte. Foram convidados os artistas: Adriano Figueiredo, Reis, Ruth Albernaz, Imara Quadros, Wers Gravaluz e Zeilton Mattos.
 
Conversas e bate-papos
 
Às 18h a Roda de Conversa “Arte e Censura” abre espaço para falar de um tema que tem despertado reações no campo da arte. Num gesto de "ousadia do pensamento" porque o momento atual exige a roda de conversa arte e censura tem como objetivo pensar a arte como processo de criação e resistência contra tudo que sufoca a vida. Para disparar essa conversa convidamos Wuldson Marcelo, Juliana Segóvia, Neriely Dantas, Mariana Amaral Queiroz e Eliete Borges. A mediação será feita por Maurilia Valderez Lucas do Amaral. Graduada em Filosofia, Mestre em Educação (UFMT) e pesquisadora sobre questões relacionadas ao presente e ao contemporâneo com foco na articulação entre ética, politica e estética.
 
Na tela
 
Na programação audiovisual estão previstas as projeções dos filmes: “O Poder da Palavra”, de João Manteufel; Videodoc sobre o Arquivo Público que divulgará o trabalho feito pela instituição que guarda a memória de Mato Grosso e o trabalho que vem sendo realizado com parte do acervo particular de Silva Freire; os videoart e videodoc resultados das oficinas "O olhar audiovisual na poesia de Silva Freire", ministradas pela cineasta Juliana Segóvia e“Criação Musical – Desvendando sons na poesia de Silva Freire”, ministrada pelos artistas Estela Ceregatti e John Stuart na EMEB Silva Freire pelo projeto Ponto de Cultura Casa Silva Freire, além de projeções de imagens das pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea - ECCO/UFMT.
 
Para degustar
 
Para inspirar todos os sentidos o evento também traz na Feira Gastronômica as delícias de: Matteo Gelato Criativo; Rosa Pavão Comidas Típicas; Opa Cookeria & Katesserie Tortas Finas; Cervejaria Louvada; Suco Laranja Tropical; Roger’s Fresh Food; Bulldog Comida de Rua e Pão, Carne e Queijo, Pão.
 
Quem ainda aprecia o consumo consciente pode conhecer os produtos oferecidos na Feira Sustentável que será formada por expositores representantes da agroecologia que buscam propor alternativas de consumo mais sustentável e comprometido socialmente. Estarão por lá oferecendo seus produtos os integrantes da Cooperativa Agropecuária Mista de Santo Antônio do Leverger (Coopamsal).
 
Para imaginar, realizar, debater!
 
E o Arte e Cultura nesta edição também quer fazer com que crianças e adultos semeiem e floresçam suas ideias. E isso se dará através das oficinas oferecidas. A primeira será “Meu amigo Monstrinho” da 3Jeitos Produção Criativa, às 16h. Durante duas horas as crianças entrarão numa jornada lúdica e criativa que tem como pontapé inicial a contação de histórias para provocar o imaginário estimulando a criação de seus monstrinhos que serão confeccionados por cada uma delas com feltro, lã e cola. A atividade acontece no espaço Casa Silva Freire. O público alvo são crianças de 5 a 10 anos de idade e as inscrições serão feitas anteriormente. As oficineiras são: Cacau Borges, Fernanda Solon e Juliana Vasconcelos.
 
No mesmo horário (16h) acontece no Studio Rai Reis, a oficina “Metamorfoses no Cerrado”, com Verone Cristina Silva. Esta oficina objetiva introduzir os participantes na cosmologia afroindígena por meio de seus relatos de metamorfose. O público alvo é qualquer pessoa interessada pelo tema e com idade acima de 18 anos.
 
Confira o restante da programação
17h – Leituras Poéticas por crianças da Emeb Silva Freire
17h30 – Teatro Lambe-Lambe: Agustino Peixe Grande - Raquel Mutz
18h – Teatro Lambe-Lambe: O Canto da Sereia - Millena Machado
19h – “Um passarinhar de leituras”: Conversas com escritor@s em Mato Grosso
20h15 - Espetáculo “A AVE” – Diamond Dance Crew
20h – Performance “Cardápio Literário - Luiz Renato
20h45 - Performance “Maria da Vila Matilde”-  Solta Cia de Teatro
21h - Banda “O Mormaço Severino” - Cáceres
22h – Música Latina 2017: Colômbia
 
Confira tudo que vai acontecer e mais sobre todos que vão se apresentar no evento nas redes sociais (Casa Silva Freire, Arte e Cultura na Mandioca)
 

Fonte: Adriana Nascimento – Fruthus Comunicação - Fotos: Divulgação e Luci Mary Dias Rosal

Arte e Cultura na Mandioca - 3ª edição terá diversidade de expressões artísticas
 
Av. 08 de Abril, 2850 - Popular - Cep 78.045-380 - Cuiabá - MT
(65) 3322-9625 - contato@casasilvafreire.org.br
Sitevip Internet