Casa Silva Freire

- esta casa é sua, vem morando...

                          ouça minha alegria musical

(SILVA FREIRE, Trilogia cuiabana, vol.1, p.29, 1991)

O Poeta

Intensivismo

O Intensivismo foi um movimento que se situou na tensão de forças pela renovação político-literária durante o Modernismo no Estado de Mato Grosso, Brasil, na segunda metade do século XX.  Ocorreu na cidade de Cuiabá, centro geodésico da América do Sul, entre 1948 a 1952. A despeito da pouca visibilidade nacional e adeptos, foi propulsor da Poesia Concreta (1956) e de outros movimentos de vanguarda, desaguando, posteriormente, na eclosão do Poema/Processo (1967).
Composto por um grupo de jovens intelectuais, em sua maioria poetas, que lançaram suas produções em uma sequência de periódicos em formato de revistas e jornais (Arauto de Juvenília, Sacy, Ganga e Sarã). Participaram, inicialmente, Wlademir Dias-Pino (seu idealizador) e Silva Freire, além de Rubens de Mendonça e Othoniel Pereira da Silva e outros poetas. Em um de seus Manifestos conceituado por Wlademir Dias Pino e publicado no jornal Sarã, n. 04, em julho de 1951, assim o apresenta: “O Intensivismo é, certo, um simbolismo duplo. Além da imagem está outro significado poético”. Para saber mais: Lei 9.244
 
Av. 08 de Abril, 2850 - Popular - Cep 78.045-380 - Cuiabá - MT
(65) 3322-9625 - contato@casasilvafreire.org.br
Sitevip Internet