Casa Silva Freire

- esta casa é sua, vem morando...

                          ouça minha alegria musical

(SILVA FREIRE, Trilogia cuiabana, vol.1, p.29, 1991)

Notícias

‘Arte e Cultura na Mandioca’ será tela e palco dos talentos mato-grossenses

14/12/2017 às 15:18

Uma imagem pode até valer mais do que mil palavras, mas, quando ambas se unem, a magia desse casamento fica ainda melhor. Nesse sentido o “Arte e Cultura na Mandioca – 3ª edição”, evento que acontece no próximo dia 16, a partir das 16h, na Rua 12 de Outubro esquina com a Rua Pedro Celestino, bem no Centro Histórico de Cuiabá, não poderia deixar de oferecer ao público atrações nas áreas audiovisual e teatral. A ação, organizada pelo Ponto de Cultura da Casa Silva Freire - com apoio do Bendito Mercado – faz questão de ser tela e palco para todas essas artes ligadas à palavra.
 
A diretora do Ponto, Larissa Spinelli, destaca que, abrir espaço para a cadeia produtiva do audiovisual e teatro de Mato Grosso em um evento de grande púbico como esse, traduz o legado do poeta Silva Freire. Pode-se dizer que as palavras, nas obras do poeta, eram matéria-prima mesmo quando já produto final. Isso porque transcendiam o simples produto poema para se apresentarem de diversas formas e pura ‘ação’ aos olhos do espectador-leitor quando este lia cada novo trabalho do poeta e mesmo relendo poderia ler de outro ângulo e ler uma nova poesia, mesmo lendo o mesmo texto.
 
Quem visitar o evento neste sábado pode verificar essa forma de escrita e manuseio da palavra na programação audiovisual, que vai das 18 às 20h. A primeira exibição do dia é do filme: “O Poder da Palavra”, de João Manteufel; depois é a vez do videodoc sobre o Arquivo Público e parte do acervo particular de Silva Freire; videoart e videodoc resultados das oficinas "O olhar audiovisual na poesia de Silva Freire", pela cineasta Juliana Segóvia e “Criação Musical – Desvendando sons na poesia de Silva Freire”, pelos artistas Estela Ceregatti e John Stuart, produto das oficinas realizadas na Escola Municipal de Ensino Básico Silva Freire, através do projeto Ponto de Cultura Casa Silva Freire e ainda projeções de imagens das pesquisas do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea - ECCO/UFMT.
 
Antes, durante e depois da sessão pipoca...
 
Quem prefere atuação ao vivo, pode optar por ver a programação de teatro e performática que traz Teatro Lambe-Lambe e performances memoráveis para adultos e crianças. Às 17h30 e 18h, respectivamente, serão apresentados as peças: Agustino Peixe Grande, com Raquel Mutz e; O Canto da Sereia, com Millena Machado. Mais tarde, às 20h, começa a performance “Cardápio Literário, do escritor Luiz Renato, que faz apresentação performática de poesia e apresenta os livros publicados: Flor do Ingá (romance), Duplo Sentido (crônicas) e Gênero, Número, Graal (poesia).
 
Luiz Renato é autor de Cardápio Poético (1993), dos romances Matrinchã do Teles Pires (1998), Flor do Ingá (2014) e, em parceria com o pernambucano Carlos Barros, Duplo Sentido (2016), este último de crônicas.  Graduado em Letras (2001), pela UFMT, é mestre em História (2005) UFMT e doutor em Letras, pela UNESP (2012). Atua como pesquisador nas áreas de Literatura e História, com ênfase no romance histórico e é professor efetivo de Língua Portuguesa do IFMT desde 2011.
 
O ciclo de performances prossegue às 20h45, com “Maria da Vila Matilde”, da Solta Cia de Teatro que tem concepção, direção e performance de Luciano Paullo. No enredo, Maria da Vila Matilde é uma mulher forte que não se calou perante a violência sofrida. Ela resiste e segue em frente. Ela não aceita a submissão. Ela sofre e luta contra uma sociedade que a quer calar. Maria vive e quer viver!
 
A Solta Cia de Teatro é formada por atores que há muitos anos resistem em Cuiabá e hoje formam um núcleo cênico de pesquisa e resistência nas artes cênicas. Tem um ano de existência e produções voltadas tanto para o público adulto quanto o infantil.
 
Quem põe a arte em cena
 
Ser contemplado neste ano pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) - que implementa o Programa Cultura Viva da Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC) – permitiu ao Ponto de Cultura Silva Freire abrir o palco para esses artistas da palavra. Mas a oportunidade é possível também pelas parcerias com o Bendito Mercado, Prefeitura Municipal de Cuiabá, através da Secretarias Municipais de Cultura, Esporte e Turismo (SMCET) e de Educação (SME) via EMEB Silva Freire, a UFMT, representada pelos Grupos de Pesquisa em Psicologia da Infância (GPPIN/Instituto de Educação) e em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO/Faculdade de Comunicação e Arte), além do estúdio musical Demoexmachina e do escritório de arquitetura Arqproject.
 
Serviço
 
Confira a programação completa nas redes sociais: site Casa Silva Freire (www.casasilvafreire.org.br), Twitter casasilvafreire e Fanpages: Casa Silva Freire e Arte e Cultura na Mandioca ou clicando AQUI.
 

 

Fonte: Adriana Nascimento – Fruthus Comunicação - Foto: Lucas Ninno

‘Arte e Cultura na Mandioca’ será tela e palco dos talentos mato-grossenses
 
Av. 08 de Abril, 2850 - Popular - Cep 78.045-380 - Cuiabá - MT
(65) 3322-9625 - contato@casasilvafreire.org.br
Sitevip Internet